Juiz de Direito Geraldo Magela da Rocha

Presidente eleito para o Biênio de 1980 - 1982

Bacharel em Direito


Foi um dos fundadores do Instituto dos Magistrados do Brasil (IMB), sucedendo o Desembargador Eduardo Mayr, nosso primeiro Presidente do IMB, de quem foi Diretor Cultural (1979/1980) e iniciou a publicação do livro &ldquoDireito Concreto&rdquo, coletânea de sentenças de 1º Grau. Presidiu a segunda Diretoria do Instituto, de 1980 a 1982, lançado o nº 2 do &ldquoDireito Concreto&rdquo, que alcançou até o 12º volume.


Enquanto atuou como Presidente do IMB, além da continuidade às atividades culturais iniciadas na gestão anterior, como o &ldquoEncontro Cultural&rdquo, também fez a entrega da premiação aos vencedores do Concurso de Monografias Zalkind Piatigorsky. Promoveu a primeira Exposição Cultural, com a &ldquoExposição do Livro Jurídico Francês&rdquo, sob o patrocínio do Consulado Geral da França, no Salão Nobre do Tribunal de Alçada do Rio de Janeiro. Realizou ainda o Curso de Perícia, no Salão Nobre da OAB/RJ, com aulas ministradas pelo Professor Antenor André, sob o tema &ldquoTécnicas e Práticas da Perícia Judicial&rdquo.


Foi em sua gestão que o Estatuto do Instituto dos Magistrados do Brasil, pela primeira vez, foi reformado, em Assembleia Geral realizada em 9 de julho de 1981.
Após, o Juiz de Direito Geraldo Magela atuou como emérito diretor de outras sucessivas gestões do IMB, como por exemplo Presidente do Conselho Editorial do IMB no biênio 1996/1998, e sempre participou das atividades do Instituto.

topo